quarta-feira, 2 de março de 2011

Presidente Dilma no Mais Você

Outro dia li no Twitter um rapaz dizendo que o fim do mundo chegou antes de 2012, afinal a Presidente Dilma Roussef fazendo omelete no Mais você, Sandy sendo garota-propaganda da Devassa e Tiririca sendo da Comissão de Educação tem mesmo algo errado.

Bem, eu acho que o presidente da nação ou a presidente da nação é alguém acima de nós, afinal ela, no caso a Dilma, ocupa o cargo mais importante da nação. E apesar de eu não concordar, não faço parte da maioria que a colocou no poder. Mesmo assim sempre achei que o presidente não era alguém que deveria ir a programas de variedades como o Mais Você porque acredito que deprecia a imagem do mesmo. Acredito que a presidente do país tenha muito mais assuntos importantes a tratar do que mostrar seus belos olhos e sua simpatia num programa matutino de variedades. Mas aí muita gente deve perguntar? Por que não aproximar a imagem da presidente do povo que a elegeu? Será que isso é mesmo necessário? - digo eu. Muitas vezes em nosso país para se conseguir respeito das pessoas é preciso demonstrar respeito, aparecendo na TV por exemplo quando for estritamente necessário. Assim como o Lula apareceu pouco em programas de TV, somente em época de eleição. E eu realmente não ache que a presidente tenha que aparecer mais do que isso. Afinal ela não é como a maioria de nós, ela tem tarefas que envolve todo o país e os limites do seu mundo são bem mais amplos que os nossos. Ela não se preocupa somente em como está seu cabelo, se suas unhas estão feitas, mas sim em como adequar o orçamento de uma nação para tentar melhorar a vida dos mais desfavorecidos e isso envolve milhões de vidas. Cada decisão da presidente da nação envolve milhões de reais e de pessoas. Não deve ser fácil, mas é claro que ela conta com uma equipe para isso. Mas aí muita gente diz que é importante aproximar a presidente do povo para que as pessoas sintam que ela é humana como qualquer um de nós. Humana? Sim. Mulherzinha como nós? Não, de forma alguma. Acredito realmente que querer aproximar a presidente do povo só vai dar motivo para os críticos acharem que podem usar o nome e a imagem dela da forma que quiserem. Como já aconteceu várias vezes com o presidente anterior. Lula já teve que processar muita gente por uso indevido do seu nome e não discordo dele não. Outro dia mesmo estava dizendo isso para a minha irmã, não é porque você é uma pessoa pública que as pessoas têm o direito de usar seu nome e sua imagem sem permissão. Com ninguém isso é permitido, mesmo nós, meros mortais não podemos ter nossa imagem e nome veiculados em nenhum meio de comunicação sem permissão. Coisa que eu achei simplesmente o fruto do desgaste da imagem do presidente e tremenda falta de respeito não só com o chefe-maior da nação, mas com a pessoa em geral, foi o livro do jornalista Diogo Mainardi que tem como título "Lula é minha anta". Sinceramente achei isso o cúmulo. Querendo ou não, concordando com a maioria ou não acho sinceramente que isso é desrespeito ao ser humano, o presidente foi eleito por voto livre, direto e uma não decidiu que ele era o escolhido. Chamá-lo de anta nada mais é do que diminuir a figura não só do presidente mas da pessoa que ocupa este cargo. Acho que isso empobrece o país, um país que não sabe tratar seus líderes não sabe tratar ninguém. Ah, não consultei para ver se o Lula o processou, mas com certeza ganharia, claro que ele alegaria licença poética, mas na certa que teria que pagar uma gorda indenização ao ex-presidente. Bem, ainda sobre o assunto inicial, vou falar da Sandy. Nossa, tenho uma história muito legal da Sandy para contar. Logo vou postar outro texto.

2 comentários:

Olá, comentários são sempre bem vindos, mas seja educado, educação nunca é d+. Abraços e obrigada pela visita.