domingo, 29 de abril de 2012

Sobre os valores que perdemos


 Um dia desses meu blog de maquiagem saiu no blogueira Shame, uma foto de 2009, que não e nada bonita mesmo, admito. O problema nem é este, o problema do blog da Shame é o fato de permitirem que comentários anônimos cometam agressões gratuitas contra quem publica em seus respectivos blogs. O blog da Shame não me magoa, nem li os comentários direito, porque ser julgada por quem não entende do assunto não me acrescenta nada. Se as blogueiras que eu admiro, se Julia Petit, Marina, as meninas do Coisas de Diva, Lu Ferreira ou Karen Lommez fizessem uma crítica do que escrevo ou publico aí sim eu teria parâmetro. Sei que há muitas coisas que preciso mudar no blog, escrevo depressa demais e com isso erro muito e pareço “Analfa do dia” tem hora. Mas quem não os comete que atire a primeira pedra. Tenho muitas fotos que não deveriam nem ter sido publicadas, mas foram. Mas não é isso que me preocupa. O que me preocupa mais é como as pessoas tem feito mau uso da internet, como a intolerância virtual virou algo tão terrível e sim, é crime. Toda forma de preconceito e bullying é crime previsto pela Constituição Federal. Se eu não gosto de uma unha, ou de uma make que alguém fez eu nem comento, não escracho ninguém, não cedo meu direito para ninguém, porque uma vez que você faz isso você está dando o mesmo direito às pessoas. Uma vez que você xinga, dá aos outros o direito de ser xingado. A Roberta, muito querida por mim do blog Makepermanente publicou outro dia um post sobre o quanto tem sido temeroso para ela o fato de insistirem que ela é a blogueira Shame e que suas sobrancelhas são feias. O que eu acho mais horrível nisso tudo é que se fosse pessoalmente duvido que alguém colocaria a cara para bater, ninguém faz isso, a internet deu às pessoas a possibilidade de xingar todo mundo sem precisar mostrar a cara e pior, sem embasamento. Porque eu duvido muito que Julia Petit, que Marina e outras divas da blogosfera ocupam seu tempo comentando anonimamente no Shame, peloamordedeus! Eu criei o blog como uma forma de diário, para mostrar as makes que faço, os cosméticos que gosto, os que não gosto, onde fui, o que fiz, bem, esse tipo de coisa. E eu nunca fui rica e nem afirmei em nenhum momento que era, sou trabalhadora, como milhares de brasileiros e este é um dos valores que se perdeu ao longo do tempo. Fico impressionada como que as pessoas deixaram de dar valor a quem trabalha honestamente, para ganhar o seu de cada dia. Para mim, cada batom da MAC que eu posso comprar é uma vitoria extrema, porque não é barato para o meu padrão de vida. Infelizmente vivemos num pais de extrema desigualdade em que nos Jardins o que eu ganho por mês pode ser a gorjeta de manobrista, mas não tenho vergonha não. O que me assusta é como a cultura capitalista nos fez dar tanto valor a dinheiro e poder. E na blogosfera rola muito isso, é puro reflexo da sociedade, que está cheia de alienados e alienadores. As “blogueiras ricas” foram colocadas em um pedestal por uma horda de mulheres menos afortunadas que tudo o que fazem ou vestem passou a ser item obrigatório na vida de todas. Já as menos afortunadas muitas vezes são execradas. Que bom que as amigas podem comprar Dior porque da marca eu só tenho uma máscara, e que bom, eu comprei com o dinheiro do meu salário. Mas é algo que eu não posso comprar toda semana, às vezes nem todo mês. Mas ainda assim não pedi nada pra ninguém, pedi? Não pedi contribuição de nenhuma forma. Não sou rica, mas também sou contra o mendiguismo. Eu trabalho como técnica de telecomunicações, fiz milhares de escolhas erradas na vida e convivo com elas. Não sou nenhuma make up artist, sou amadora como sempre disse e acredito que evolui bastante, ainda não me maquio como a Marina ou a Julia, aliás estou bem longe disso, mas acredito que meu padrão subiu bastante. E fico muita grata pelos elogios, mas se você tem criticas a fazer fica a vontade, mas seja educado, afinal educação é o maior problema do pais, e pelo que tenho visto na internet é um mal sem tamanho. Criticas bem construídas, desde que jamais se ofenda a pessoa, são todas bem vindas. Mas não aceito mais comentários anônimos porque fica muito fácil se esconder por trás dos comentários anônimos para execrar pessoas que só estão tentando levar a vida. Sou filha de professora e de mecânico, do interior de Minas, gente que nunca fugiu da lida e da vida, e não vou fugir agora. Me orgulho de nunca ter fugido de quem sou, e nunca fingi quem não sou. Sou baixinha, gorda, loira de farmácia e eu me divirto muito na vida, e sou muito feliz, obrigada. E eu leio o blog da Shame, mas me recuso a ler os comentários, sempre, nunca leio de onde os posts vem, dos blogs que aparecem lá sem permissão, se você encarar só como diversão é um aprendizado do que não devíamos colocar nos nossos blogs, a vida é um aprendizado, é assim que eu encaro. Mas para as pessoas que escracham todo mundo já passou da hora de se fazer um exame de consciência, afinal por que o gordo, o negro, o pobre de incomoda tanto? Simplesmente por existirem? Por serem diferentes do seu padrão de vida lindo, rico e cor de rosa? Infelizmente vivemos num país em que uma mínima parcela da população vive entre Dior e YSL e eles continuam vivendo, não é? O que ocorre é que tanto a internet quanto a TV tem nos convencido dia-a-dia que precisamos de um determinado padrão de vida, que não está ao alcance de todos. Cada um na sua, e vivendo duas vidas, pelo menos era assim que deveria ser. Concorda? Discorda? Diz ai.
Autor: Carolina Dutra

6 comentários:

  1. Oii Carol, concordo com vc sim. No blog nos expomos muito, colocamos o que gostamos e infelizmente nem todas as pessoas tem maturidade suficiente para aceitar que os outros podem gostar de coisas que elas não gostam. Se elas não tem maturidade para aceitar o gosto dos outros imagine vc se terão educação para fazer uma crítica bacana? Não né.
    Sabe aquela frase da história de Narciso... "Narciso achava feio tudo que não era espelho". São coisas que devemos trabalhar com as crianças desde pequenas, pra elas aprenderem a respeitar os outros. Se falhamos na educação ainda quando criança, falhamos no futuro adulto.

    Enfim, acho que vc deve deixar que esse blog e os anônimos dele se explodam rsrsrs minhas visualizações elas não ganham nem me esculachando lá rsrs
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Roberta! Você tem toda razão, muita gente sem maturidade por aí criticando tudo e todos fica fácil. O blog da Shame também não ganha mais meus acessos. Bjs

      Excluir
  2. Oii lindaaa.. AMEEI AMEEI SEU BLOG.
    Já estou inscrita.. PODERIA RETRIBUIR ?
    http://mundoesmaltadas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. OI !!! VIM PRA FICAR!!!
    ...........(...(`.-``'´´-.´)...)....................
    ..............)......--.......--....(...........
    ............./......(o..._...o)....\..........
    .............\.........(..0..)......./..........
    ..........__.`.-._...'='.._.-.´.__.......
    ......./.......'#.'#.,.--.,.#'.#.'....\.....
    .......\__))..........'#'......... ((__/.....
    __xxxxxxxxxxx______xxxxxxxxxx
    _xxxxxxxxxxxxxx___xxxxxxxxxxxxx
    xxxxxxxxxxxxxxxx_xxxxxxxxxxxxxx
    xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
    _xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
    __xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
    ____xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
    _______xxxxxxxxxxxxxxxxx
    ___OI____xxxxxxxxxxxx VIM CONHECER
    _TEU BLOG_xxxxxxxxx E TE CONVIDAR
    ____PRA ______xxxxx CONHECER
    _O MEU _____xxxx
    __UM ABRAÇO_ xxx
    __pra VOCÊ!!!____xx QUE DEUS TE ABENÇOE!!
    ----------------------------------------------------------------

    ResponderExcluir
  4. Oi, Olha, tenho blog e não me importo mais com o que escrevem porque existem diversos tipos de pessoas no mundo: aquelas que gostam de ler e falar bem e aquelas que só aparecem para falar mal. As que falam mal são aquelas que não gostam de si mesmas e querem detonar as outras e eu nem me importo com o que elas falam. Somente pessoas profissionais poderiam julgar algum blog e não o fazem porque estão preocupadas com o trabalho delas. O resto que vá se catar. Pense assim!

    Beijos,

    Greice
    www.amigasemulheres.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Carol, primeira vez aqui no blog, vim retribuir a visita :)
    Adorei o testo, achei que vc "ahazou"... Eu nem sempre leio a Shame, acho que tem muita coisa absurda lá, só sabem tirar sarro de tudo, criticar tudo, descem a lenha em todo mundo. Só por esse texto vc já me conquistou e, com certeza, voltarei aqui e seguirei o Odeio Ser Comum (muito legal esse nome).
    Meu blog é simples mas gosto do jeito que é, não quero ser uma blogueira famosa, não quero status nem nada. Criei o blog para publicar coisas que eu gosto, que eu não gosto, falar sobre tudo um pouco e não pra me aparecer como muita blogueria por aí...

    Beijãozão e até breve :)
    http://eusemprekiss.blogspot.com

    ResponderExcluir

Olá, comentários são sempre bem vindos, mas seja educado, educação nunca é d+. Abraços e obrigada pela visita.