segunda-feira, 25 de março de 2013

Sobre envelhecer

Muitas pessoas não entendem o quanto é difícil ser mulher, mesmo após a revolução sexual dos anos 60 com a chegada da pílula. Numa sociedade que enaltece o belo e o jovem tudo fora desse padrão passou a ser julgado e condenado. É certo que todo mundo envelhece ou vai envelhecer e apesar de muita gente não aceitar isso bem, um dia a idade bate na porta e se não estivermos preparados, ela nos derruba. E derruba mesmo, porque vejo aos montes mulheres desesperadas para se sentir jovens novamente, com as divorciadas acontece muito, não digo que acontece com todas, mas ocorre que muitas pensam que perderam grande parte de sua juventude cuidando da casa e dos filhos e decidem viver la vida loca de uma hora para outra. Tenho uma tia emprestada que é assim, ainda casada ela já queria usar as mesmas calças da filha 16 anos mais jovem, queria andar com ela, participar do mesmo grupo de amigos, se tem uma coisa que eu não curto é mãe querendo ser amiga de filha, mãe é mãe e amiga é amiga. Talvez eu enxergue assim porque minha mãe é uma boa mãe, uma excelente mãe, apesar de seus defeitos, mas que todo mundo tem, mas ela nunca foi minha amiga e não acho que ela tenha obrigação de ser, de forma alguma. Como nunca imaginei minha mãe como minha amiga não entra na minha cabeça mães querendo ir para a balada com as filhas. Mas voltando ao assunto original do texto, eu entendo perfeitamente o que essas mulheres sentem, hoje que tenho meus 30 anos bem vividos, acredito eu, depois de muitas experiências, algumas ótimas e outras péssimas, vejo o quanto parece inadequado estar fora do padrão. E é exatamente assim que me sinto, vejo meus colegas de trabalho homens falando das gatinhas de 19 anos entrando na empresa e eles crescem o olho, porque para os homens parece que tudo é atemporal, afinal eles não se sentem obrigados a permanecer em forma, bonitos e jovens, afinal tanta garota prefere um cara mais velho, com mais experiência e assim talvez ter um relacionamento de verdade, duradouro. Não as julgo de forma alguma, afinal não penso diferente, não tenho preconceito em ficar com caras mais novos, mas meu namorado tem 13 anos a mais que eu. E eu descobri com o tempo que isso pode ser muito bom e ao mesmo tempo muito ruim. O que acontece é que para nós, mulheres, envelhecer é difícil e de tudo o que ouvimos, de que não somos mais tão jovens nem tão belas, fica a sensação de que envelhecer é errado. Estava comentando isso com minha mãe outro dia, envelhecer passou a ser considerado fora do contexto, errado mesmo, fora do padrão. Numa sociedade que enaltece o jovem e o belo, envelhecer, engordar, ter ruguinhas, cabelos brancos passou a ser totalmente inaceitável. Então realmente eu sou fora do padrão, meus cabelos brancos apareceram quando eu tinha 25, pois pinto os cabelos desde os 18 porque queria mudá-los de cor, coisa de adolescente, contando o enfraquecimento natural que a química causa no cabelo mais a influência dos meus genes, tenho cabelos brancos precoces, que claro, ainda os escondo. Estou começando a ter ruguinhas próximas dos olhos e sim, estou bem acima do peso, uso óculos desde os 7 anos e não tô nem aí. Mas fala sério, você pode não estar nem aí, mas quando é constantemente lembrado dos seus defeitos, não dá pra aguentar, né? Não tenho o espírito tão elevado e nem sangue de barata para não me abalar com isso. Que chamem de futilidade, mas cuidar de si mesma, de sua aparência, rosto, cabelos, corpo é uma forma de se adequar, de fazer parte de um grupo que insiste em não aceitar o inevitável, o envelhecimento. Por isso digo que não julgo de forma alguma mulheres que tentam a todo custo evitar demonstrar que estão envelhecendo, mas confesso que tudo tem que ter uma medida, artistas de Hollywood ou brasileiras mesmo exageram na dose de vez em quando. Há um momento em que não dá mais para retardar o envelhecimento e quando esta hora chegar eu prometo que paro de pintar o cabelo, Não quero ser como a minha avó que acima dos 70 ainda pinta o cabelo de preto e me diz com a cara lavada que não tem cabelo branco. Gente, qual é o problema de envelhecer? Acho lindo as velhinhas que assumiram seus brancos e tem o cabelo quase prata feito a Miranda Priestley do filme O Diabo vestre Prada, existe cabelo mais estiloso que o dela? E é branco! Adoro maquiagem, acho que a mulher deve sim usar de artifícios para se sentir melhor consigo mesma e ficar mais bela, afinal, quem não gosta de um elogio? Faz tão bem, massageia o ego. Mas acima disso é preciso gostar de si mesma, com 20, 30, 60 ou 90 não importa, quem não esta satisfeita consigo mesma e passa a vida tentando ser o que não é que sofre de verdade. São estas pessoas que não aceitam o envelhecimento, envelhecer para elas é quase um pecado capital, um atestado de óbito. Por isso muitas morrem em cirurgias de alto risco, no desespero que retardar o tempo, de viver para sempre acabam indo além dos limites que o corpo aguenta. Não sou a favor de cirurgias indiscriminadas, sabemos que médicos se preocupam conosco até onde seus bolsos estão confortáveis, principalmente os cirurgiões. Caso este que já vi em cirurgiões de abdômen aqui em BH mesmo, fui a um cirurgião para saber se eu podia fazer cirurgia bariátrica, a famosa redução de estômago e fiquei absurdada, um dos cirurgiões mais famosos da capital mineira só atende quem tem IMC propenso para a cirurgia bariátrica. Somos atendidas pela sua secretária, que nos pesa e já informa se podemos ou não sermos atendidas pelo médico. Um exemplo do quanto se importam conosco e não com nosso suado dinheirinho. Por isso sou contra fazer cirurgia plástica pra tudo, botox usado indiscriminadamente até que se perde a expressão do rosto. Será que ficar bonita precisa ser à custa de perder a expressão facial a ponto de parecer uma boneca? Não sou contra colocar silicone se isso deixa a pessoa mais feliz e melhora sua auto-estima, melhorar a auto-estima não tem preço. Mas colocar, tirar e recolocar, aí é absurdo, é se submeter a uma cirurgia de médio a alto risco 3 vezes. Sou contra cortar costelas para afinar a cintura, isso é doentio, é tirar uma proteção natural do corpo. Em caso de forte impacto nesta região a pessoa que tirou as costelas tem mais chance de morrer, pois deixou seus órgãos internos mais desprotegidos. Sem contar o tanto de outros procedimentos exagerados e errados cometidos pelas pessoas. Cirurgia bariátrica? Nada contra, percebi ao longo do tempo que obesidade é doença, descontar tudo na comida, comer enlouquecidamente é uma doença grave, é um vício e todo vício gera suas consequências, assim como a pessoa que usa drogas pode acabar morrendo de overdose, quem come demais pode ter um ataque cardíaco fulminante e não retornar mais. Conheci uma mulher no metrô uma vez que me disse que passou a correr desde que aos 27 anos e bem acima do peso ela teve um ataque cardíaco subindo a famosa Rua do Ouro, na Serra, em Belo Horizonte. Uma rua famosa e nem tão difícil de subir, mas o seu peso elevado, o calor e a falta de exercícios a levaram para o hospital mais rápido do que ela imaginava. Depois de sobreviver ao ataque, ela começou a andar e depois a correr, ela disse que com a dieta e exercícios e principalmente, o medo de morrer prematuramente a fez mudar completamente de vida. E mudou mesmo, hoje ela é corredora amadora, mas completa várias das maratonas famosas pelo país pelo simples prazer de saber que a capacidade de se superar é realmente algo fantástico. Bem, para quem estava falando de envelhecimento até que falei demais...rsrsrs... Acontece, quando começo a divagar não paro mais. 

3 comentários:

  1. Oi, Carol! Envelhecer é natural; vaidade também. O que não concordo é com fugir do envelhecimento a qualquer custo, muitas vezes abrindo mão da própria saúde e dignidade. Parabéns por seu texto! Ser fora do padrão é ser algo mais [sorrio]. Com tempo, deixe sua impressão no meu SPPEK LEE, O CÃO TRAFICANTE http://jefhcardoso.blogspot.com Ficarei honrado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo elogio, pelo visto você pensa como eu. Há coisas das quais não dá para fugir. Adorei seu blog, lerei mais textos dos Sppek Lee com tempo. Abs e obrigada pela visita

      Excluir
  2. oi flor te seguindo! vem conhecer meu cantinho *-* ,pinkbjs.
    http://pinkbelezura.blogspot.com.br/
    https://www.facebook.com/pinkbelezura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Olá, comentários são sempre bem vindos, mas seja educado, educação nunca é d+. Abraços e obrigada pela visita.