sexta-feira, 31 de maio de 2013

Histórias de cachorro - parte 3

Bem, atualmente lá em casa há 5 cachorros, dois Australian Cattle Dog, o Lobo e a Aida e seus filhotes, a Tequila e o Brian. E a basset Daschund miniatura, Lola. Eles brigam horrores, Lola é a mimada, fica dentro de casa, não é presa e os demais cães sempre são. Nos fundos da nossa casa fizeram uma cerca de tela alta e um portão para prender os cães de dia, porque eles são uns capetas. Lobo pula no portão na maior altura e assusta qualquer um que passe na rua. Um dia meu tio se apoiou no portão da garagem para ver se o carro do meu irmão estava em casa, pois chamou e ninguém atendeu (Hello! eu trabalho de madrugada, estava dormindo, é claro!). Só sei que ele se apoiou e colocou os dedos pra dentro do portão. Lobo pulou e mordeu um dedo dele arrancando um pedaço do dedo. É, minha gente, demos sorte porque era uma pessoa da família. Meu tio foi ajudado por um vizinho e foi para o posto de saúde do bairro. Aida é meio doida, desde que teve filhotes ela anda em círculos e de vez em quando começa a latir por nada e não pára mais. Ela é realmente maluca. E acho incrível que ela não tem noção do seu tamanho, ela constamente apanha de todos os cães, até dos seus filhos e da Lola que é nervosinha, mas é bem menor que ela. Os filhotes são um capítulo à parte. Acompanhamos seu nascimento e eles eram tão pequenos que pareciam ratinhos, nasceram branquinhos, o Brian tem manchas pretas nas costas e a carinha preta, a Tequila era branca com a carinha preta. Ambos já ficaram acinzentados depois de 2 meses de vida e cresceram rápido demais. Estão com pernas super compridas e já batendo na mãe e investindo no pai e na Lola. Brian é bem mais quieto e educado, quando vou trabalhar ele se senta em frente ao portão calmamente e fica me olhando ir embora. Tequila não, ela pula na minha roupa, sempre suja minha calça e sempre morde e puxa a minha meia. Ela é mais parecida com o pai e ele com a mãe. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, comentários são sempre bem vindos, mas seja educado, educação nunca é d+. Abraços e obrigada pela visita.