quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Realizando um sonho de 20 anos atrás

Quando eu tinha 15 anos eu era super fã de boybands, BSB, Five, N'Sync, todas que viessem povoavam o meu imaginário dos 15 aos 18 anos. Eis que tive a sorte de algumas dessas bandas voltarem à ativa nos idos de 2010 para frente. E mais especificamente em 2015 quando fiz 35 anos, os BSB iriam se apresentar na minha cidade com sua formação original. Era uma oportunidade única, Realizar um sonho de 20 anos atrás era algo inimaginável para mim até o momento. Em março abriram as vendas, o show seria em junho, mês do meu aniversário. Entrei no site correndo e os ingressos foram desaparecendo mais rápido do que era possível ver os valores e escolher os ingressos. Foi então que minha amiga e eu não conseguimos em ingresso de camarote.  Fiquei triste, mas não arrasada, estava disposta a pagar o preço que fosse para ir, até viajar pro Rio ou São Paulo estava disposta e nem lá conseguimos ingressos. Então cogitei ir para a porta do local do show no dia e comprar de cambistas. Eis que poucos dias antes do show minha amiga avisa que haviam saído mais ingressos do quarto lote para venda e ela havia comprado para nós dias. Pirei totalmente, quase fiquei sem dormir de tanta ansiedade. A entrada para o show foi tranquila, tinha muita gente, umas 6 mil pessoas no Chevrolet Hall. Entramos, compramos água nada barata no bar do Chevrolet, então subimos para a arquibancada que é bem mais tranquila e confortável. O show começou com apenas 10 minutos de atraso e quanto eles entraram no palco, lindos, de terno azul, cantando e dançando The Call, minha música favorita de todos os tempos eu senti um misto de felicidade e tristeza, uma vontade imensa se chorar, foi inexplicável, como se minha alma tivesse saído do meu corpo e voltado 20 anos no tempo. E eles continuam incríveis, como se o tempo não tivesse passado, com a mesma perícia vocal e dançando lindamente como antigamente. Nossa, voltei no tempo, foi uma injeção de botox pra mim e para as minhas amigas trintonas. Lacrimejei um pouco, gritei muito e agradeci muito a Deus por aquele momento, por estar viva, por poder estar aqui naquele momento único, fiz vários mini vídeos para não esquecer a dinâmica do show. Eu e minha amiga gritávamos e dançávamos em todas as músicas e claro sabíamos ainda a letra de todas as antigas músicas. O que eu aprendi com isso é que devemos realizar mais sonhos, devemos sonhar mais e colocar em prática porque quanto ele se realiza não há nada nem ninguém que possa tirar isso de você. Ninguém poderá apagar este momento no tempo, então recomendo muito a todos que não importa o tamanho do seu sonho, não importa se ele é grande ou pequeno, se parece inatingível, lute por ele, corra atrás dele, mesmo que leve 20 anos não importa, não desista, a sensação que tive é que preciso realizar mais sonhos, pois realizá-los é necessário para sermos felizes. Então vou em busca do meu próximo sonho, que não tem prazo, ainda estou com 35 mas ainda vou realizá-lo e pretendo fazer isso logo e quanto realizar eu contarei aqui com muito prazer. Nunca desista dos seus sonhos, eles são o que te torna único e especial, li isso em algum lugar mas não sei de quem é a citação, se alguém souber, me avise. Até a próxima

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, comentários são sempre bem vindos, mas seja educado, educação nunca é d+. Abraços e obrigada pela visita.